região

Quatro são presos em operação contra o tráfico e homicídios em Cruz Alta

Policiais do 16º Batalhão de Polícia Militar e do 2º Batalhão de Polícia de Choque de Santa Maria apreenderam drogas no Bairro Fátima

18.427


Foto: Brigada Militar (Divulgação)
Apreensões aconteceram durante policiamento pelo Bairro Fátima, na noite de segunda-feira quando BM deflagrou operação Avante Homicídios   

Uma operação para combater o tráfico de drogas e homicídios em Cruz Alta, deflagrada pela Brigada Militar (BM) noite de segunda-feira, resultou em quatro prisões. A ação aconteceu nos prédios da antiga Cohab, no Bairro Fátima, e teve apoio de policiais do 2º Batalhão de Polícia de Choque (2º BP Choque) de Santa Maria.

Os policiais estavam em patrulhamento pela Rua Diário Serrano, durante a Operação Avante Homicídios, quando visualizaram suspeitos em frente aos prédios. Ao verem os policiais, os suspeitos tentaram fugir, mas foram detidos.

Um adolescente de 17 anos foi apreendido. Com outro suspeito, os policiais apreenderam munições. Um terceiro foi flagrado com uma embalagem plástica contendo 19 pedras de crack e R$ 80 em dinheiro. Um dos suspeitos usava tornozeleira eletrônica e enrolou o equipamento em papel alumínio para tentar bloquear o sinal.

Suspeito de comandar o golpe do gado deixa a prisão em Caçapava do Sul

Os policiais seguiram com o policiamento pelo local e, pouco depois, no bloco A1 da Cohab, flagraram dois suspeitos. Ao dar ordem de abordagem, um dos homens atiçou um cão pitbull para atacar os PMs, que deram um tiro no animal, mas ele não recuou. Um segundo tiro feriu o cachorro, e os suspeitos foram abordados. Com eles, havia drogas e dinheiro.

O adolescente foi ouvido e liberado. Já os outros quatro foram presos em flagrante. Para o major Marcus da Silva, comandante do 16º BPM, a operação visa garantir a paz e reduzir os homicídios no município. Pelo menos dois dos detidos seriam líderes do tráfico na cidade.

- Fizemos operações com barreira e patrulhamento nas áreas com maior índice de crimes, buscando sempre prender foragidos e apreender drogas e armas de fogo. Isso já da uma desarticulada nos criminosos. Certamente essas prisões auxiliam na redução dos crimes. Já da uma sensação de segurança rápida para a comunidade. Sabemos que dois, dos que foram presos, teriam força no tráfico da cidade e certamente a prisão deles representa uma tranquilidade maior no município - destaca o comandante. 

Internet

wpp.png