OPORTUNIDADE

Empresa catarinense assina acordo na área acadêmica para oferecer programa de estágio eletivo

Referência em telemedicina, irá contribuir de modo inovador com a formação universitária de médicos do Estado

Foto: LL/Comunicação
Da esq. para dir.: Rodrigo Dias Nunes, coordenador do curso de Medicina da Unisul Campus Pedra Branca, Rodrigo Alves, diretor-geral da UniSul, Valda Stange, CEO TopMed, Larissa Albuquerque, gerente da UniSul Campus Pedra Branca

A TopMed assinou convênio com a Universidade do Sul de Santa Catarina (UniSul) para oferecer o programa de estágio Clínica Médica: Modelo de Atendimento em Telemedicina, que poderá ser realizado por alunos do 12º período do curso, do Campus Pedra Branca, a partir deste semestre.

A parceria garante diferencial na formação de médicos e, ao fim do treinamento, alunos de destaque poderão integrar a equipe médica da TopMed.

A empresa compartilhará toda a sua experiência adquirida em 16 anos de atuação digital, marcados por soluções eficazes em cuidado, saúde e assistência, com futuros médicos dispostos a buscar novas oportunidades no exercício de uma medicina com mais tecnologia, humanização e quebra de barreiras.

"Investimos na criação de um ecossistema de saúde sustentável, com as pessoas estando no centro do processo, esse é o nosso propósito de existir. O Brasil é um país continental que precisa abraçar o uso da tecnologia no atendimento à saúde. Por isso, queremos disponibilizar nossa experiência e conhecimento técnico na formação de profissionais para que já saiam das universidades conhecendo este mundo da telemedicina e da saúde digital. Com isso, eles podem ampliar ainda mais a sua participação na jornada de saúde, da prevenção ao tratamento", explica Valda Stange, CEO da TopMed.

O estágio eletivo tem duração de três semanas, somando um total de 120 horas, e será oferecido integralmente de modo remoto, em plataformas próprias da empresa. A partir de uma proposta pedagógica participativa, o treinamento está dividido em módulos, que contemplam temas como histórico da teles saúde e telemedicina no Brasil e no mundo, bioética e segurança, conectividade e ferramentas de plataformas de telemedicina, tele propedêutica, prescrição eletrônica, entre outros especificidades.

Os estudantes acompanharão a escala de tele consultas com um médico preceptor especialista em medicina de família e comunidade, o que propiciará uma melhor preparação para a aplicação de protocolos clínicos. O aprendizado, que já adquiriram na prática ambulatorial com disciplina específica de telemedicina fornecerá, ao longo de todo o treinamento, as diretrizes necessárias para o desenvolvimento de uma relação de confiança entre médico e paciente em um ambiente virtual, caracterizado por acolhimento, ética e efetividade.

"A telemedicina pode ser exercida em diferentes modalidades de teleatendimento médico. A tele consulta é uma delas e está regulamentada no Brasil," diz Renata Zobaran, Diretora de Telemedicina e Saúde Digital da empresa.

O Conselho Federal de Medicina regulamentou a prestação de serviços médicos mediados por tecnologias de comunicação em maio deste ano. Segundo consta no site do CFM, o método, sobretudo durante a pandemia, demonstrou eficiência na capacidade de levar assistência tanto para cidades do interior quanto grandes centros urbanos, contribuindo para reduzir a quantidade de pessoas em busca de tratamento em postos de saúde, clínicas especializadas e hospitais.

Após a ONU declarar o novo coronavírus uma pandemia mundial, em março de 2020, a TopMed foi contratada pela Prefeitura de Florianópolis para operar o Alô Saúde Floripa, sistema de atendimento a distância reconhecido por diversos estudos como um dos mais eficientes durante a pandemia e que se torna, aos poucos, um dos grandes focos da estratégia de promoção de saúde pública para milhões de brasileiros.

logo_rodape.png

Rua Adolfo Melo, 38 - Sala 902 - Centro | Florianópolis-SC | CEP: 88015-090 |
(48) 3298-7979 | jornalismo@adjorisc.com.br