ASemana 36 anos.png
ASemana 36 anos.png
  
Zuquelo.png

Trânsito

Já transcorreram alguns anos da grande mudança do trânsito havida nesta cidade de Curitibanos. Após o período inicial de adaptação, verifica-se a importante melhoria que as alterações acarretaram.

Com efeito, causa estranheza a recordação de que as principais vias desta cidade, a av. Salomão Carneiro de Almeida e a rua Vidal Ramos, eram de mão dupla, com trânsito nos dois sentidos. A população adaptou-se às novas regras de mão única, possibilitando uma melhor fluência do trânsito, não se cogitando de retorno à situação anterior.

 A instituição das rotatórias na av. Rotary igualmente são de grande valia, evitando-se a instalação de semáforos luminosos e, do mesmo modo, dinamizando o fluxo de veículos naqueles cruzamentos.

 A sinalização urbana está em boas condições, de sorte que essa questão do trânsito não reclama maiores providências imediatas, afora algumas situações pontuais que possam demandar alguma alteração. Ao Conselho Municipal de Trânsito o reconhecimento da população, pelos seus bons préstimos.

 A propósito, noticiou a Administração a pavimentação asfáltica em algumas ruas da cidade, dentre as quais está a rua Ana Costa. É sabido que as vias que recebem pavimento asfáltico tornam-se preferidas pelos transeuntes, aumentando consideravelmente o seu movimento.

 Deste modo, poderia o Conselho Municipal de Trânsito estudar a possibilidade de tornar a referida rua preferencial em toda a sua extensão, iniciando-se no entroncamento com a rua Barão do Rio Branco até o bairro São Luiz, até mesmo junto à av. Frei Rogério poderia cogitar-se da alteração de preferência, tendo em vista que a mesma cede preferência mais adiante, junto ao Ginásio Municipal, para a rua Frei Gaspar.

 Essa providência parece acertada considerando-se o maior trânsito atual pela rua Ana Costa em comparação com as vias que a cruzam e que são preferenciais. Com o previsível aumento do trânsito por aquela, torna-se ainda mais justificável ser a via preferencial.

 Ademais disso, a artéria em comento é paralela com a av. Salomão Carneiro Almeida e com rua Vidal Ramos, principais da cidade, mostrando-se razoável a definição de preferência de todas as ruas com sentido norte-sul ou sul-norte.

O que não ficou esclarecida é a necessidade da existência de três lombadas muito próximas na rua Pedro Drissen, nas adjacências da Cresol. Para quem transita pelo local não há justificativas para os três obstáculos limitadores de velocidade num espaço de pouco mais de 50 metros. Oportunamente, poderia o Conselho informar a população acerca das razões para a implantação das lombadas em sequência.

De um modo geral, reconhece-se a melhoria do trânsito desta cidade, devendo merecer contínua atenção, com a adequada sinalização orientadora dos motoristas. 


Jornal "A Semana" | Rua Daniel Moraes, 50, bairro Aparecida | 89520-000 | Curitibanos | (49) 3245-1711