ASemana 36 anos.png
ASemana 36 anos.png
  

A boa educação no WhatsApp

Com a criação do WhatsApp todos nós estamos muito mais próximos daqueles que compartilham esse meio de comunicação.

É preciso, no entanto, ficar atento a algumas regras de ouro de uso desse aplicativo. Não podemos ficar presos a ele, mas utilizá-lo como um instrumento de comunicação, o qual favorece o contato no trabalho, com os amigos e família.


(Imagem Divulgação) /

Quando usamos o aplicativo com pessoas do nosso convívio podemos ser bem informais e práticos, indo direto ao assunto, fazendo comentários e usando emotions.

Contudo, se o contato é mais distante, temos que ter o cuidado de cumprimentar, perguntar como está a pessoa, para depois fazer a solicitação. O uso de emotions deve ser breve e muito cuidadoso já que não temos intimidade.

O envio de mensagens e vídeos segue essa mesma regra: não é possível enviar tudo a todos e nem é desejável.

A etiqueta de uso desse e de outros aplicativos alerta ainda para não usarmos somente letras maiúsculas no texto, pois isso representa que estamos gritando com quem estamos conversando.

O uso de mensagens de áudio deve ser breve e somente com quem temos mais afinidade.

Nos grupos, devemos atentar para a finalidade a que ele se destina e respeitar seu uso, evitando comentários agressivos ou inconvenientes. Tenho certeza de que você, leitor participa daqueles grupos de infindáveis Bom dia e muitos vídeos e mensagens de autoajuda.

Mensagens breves, educadas e pontuais são sempre bem-vindas. Assim como a Armadilha: presente, simples e pontual, bem-vinda à vida de todos.


Jornal "A Semana" | Rua Daniel Moraes, 50, bairro Aparecida | 89520-000 | Curitibanos | (49) 3245-1711