ASemana 36 anos.png
ASemana 36 anos.png
  

A mão e o que dela emana

Fico, às vezes intrigada com algumas expressões que usamos e que, muitas vezes, nem percebemos como são peculiares.

A palavra MÃO é uma delas, pois tem como significado primeiro uma parte do corpo. Além disso, também apresenta outros significados em contextos com outras palavras, assumindo sentido novo a cada nova inserção.

Vamos a algumas delas:

De mão em mão

É passar por muitos

Estar nas mãos

Ficar preso e indefeso

Molhar a mão

Subornar

Ficar na mão

Ser prejudicado

Mão de vaca

O popular pão duro (outra expressão interessante).


Que de mão em mão possamos ser amigos procurar a mão que acolhe e vibra sem esquecer que de mão em mão conseguimos mais  sem abrir mão daquilo que acreditamos estar nas mãos de alguém nem sempre é ruim olhe ao seu redor e pense: para quem preciso dar a mão? 

Na armadilha de mãos que nos impedem de sentir o mundo e o outro, que sejamos capazes de dar as mãos e trafegar pelo mundo com mãos que oferecem rosas, assim como diz o canto de louvor à Santa Terezinha.

Mão leve

Aquele que é ladrão

Mão de ferro

Quem é tirano

Mão aberta

Aquele que gasta bem

Abrir mão

Renunciar a algo

Mãos de fada

Mão leves

Mão boba

Mãos libidinosas




Jornal "A Semana" | Rua Daniel Moraes, 50, bairro Aparecida | 89520-000 | Curitibanos | (49) 3245-1711