ASemana 36 anos.png
ASemana 36 anos.png
  
ARMADILHAS DA LÍNGUA

Na poesia da vida

Por Kátia Zilio


(Foto: Divulgação) /

O que é metaforizar a vida?

Metáfora é a possibilidade do dizer ampliado em sentido... É ambicionar o polissêmico... É querer a arte no dizer...

Sabe, leitor, a possibilidade da linguagem humana faz a arte de poetizar um processo de encantamento único...

Todos os seres vivos podem se utilizar do olhar, do movimento, do som, do jeito de estabelecer relacionamentos, e nos deixar surpresos com a semelhança conosco.

Mas é certo dizer que as palavras, a poesia são prerrogativas humanas...

Fazer sentir pela palavra, emocionar e encantar cabe a nós, humanos.

Vamos fazer isso juntos: pensar a vida como presente, como problema e como brincadeira...

O que é a vida? Regalo, percalço ou folguedo? 

Nos regalos da vida

O enlace do texto

O sabor da palavra

O desejo e contexto

Nos percalços da vida

É reinado do medo

É incrível a partida

É pecado e segredo

Nos folguedos da vida

Tudo em volta é desejo

Abraço, olhares e beijo

Sentimento e embate

De almas é brinquedo.

E é assim, leitor, que ensejamos a vida: entre regalos a que todos têm direito; percalços a que todos estão sujeitos; e folguedos, porque, enfim, somos humanos e precisamos a vida gozar...

A Armadilha da Língua é vida, é regalo, aponta percalço e, principalmente, é folguedo que a palavra pode mostrar...

E você, leitor, que parte da vida deseja ampliar?


Jornal "A Semana" | Rua Daniel Moraes, 50, bairro Aparecida | 89520-000 | Curitibanos | (49) 3245-1711