ASemana 36 anos.png
ASemana 36 anos.png
  
CONEXÃO

Montanhas

Por Sulisia Westphal


(Foto: Evanir Junglos) /

Existem mensagens curtas que nos tocam por vários ângulos. Minha última ouvi durante um dos discursos da inauguração do mega estúdio da Globo com inovações tecnológicas de ponta:

Quanto mais alta for o escalar da montanha, maior a vista que teremos. Ou seja, cada um terá a vista da montanha que escalar.

Esta analogia gritou muito alta e a criatividade imaginária foi acionada. Teria uma participação motivacional em uma reunia pedagógica da Educação Infantil e estava em busca de uma simples analogia ou símbolo que reforçasse a importância da sensibilidade em contagiar as crianças que estão em nosso entorno diário, com enfoque nas "crianças-montanhas".

Montanhas

Qual o significado que esta palavra tem para você? Montanha como algo desafiador, meta, algo difícil para transpor ou contornar, como adversidade, como topo de conquista, de vitória...

Já na reunião, professores e demais profissionais envolvidos em círculo e eu com a palavra: Uma breve retrospectiva das analogias e símbolos apresentados anteriormente com o intuito de sensibilização para o olhar, ser e agir com os pequenos. Com a diversidade ali presente no cotidiano. Pedi licença e subi no parapeito da janela e repeti a frase:

Quanto mais alta for a escalada, maior a visibilidade. Mas de que precisamos para escalar nossas mini-montanhas diárias? Como podem ser realizadas estas escaladas nesta área de trabalho? Mais uma vez enfatizei que uma escalada começa com o cuidado com nós mesmas. Precisamos olhar-nos amorosamente para conhecer mais sobre quem somos, do que gostamos, do que fazemos para sermos pessoas que possam contagiar às outras pessoas, ao nosso pequenos. Aos nossos colegas de trabalho e nossas chefias e nossas.... E nossos... São muitos os detalhes para que possamos estar preparadas, acionadas, pés confortáveis, mentes desejantes pra alcançar o mais alto de nossas montanhas pessoais, familiares e profissionais.

Fico sempre na torcida para que as pessoas alcancem o que buscam. Mas para isso, precisam ter clareza quanto ao que realmente querem.

(Foto: Divulgação) /

É sempre impactante quando bem perto de nós temos pessoas que passam os dias encontrando culpados para tudo. Inclusive para sua própria felicidade ou sucesso profissional. E assim, perdem muitas oportunidades de iniciar suas escaladas para contemplar a vida de outros ângulos. Ao invés de ruminar culpados, agradece por tantas coisas boas que acontecem na obscuridade.

Ao compartilhar desta analogia encontrei quem dissesse:

- Quanto mais alta a escalada, maior o tombo!

Novamente para cada um, com suas experiências pessoais, as escolhas: Escalar montanhas (desafios) ou trilhas (imprevistos) com belíssimas paisagens ampliando a visão de mundo, contemplando as inacreditáveis imagens da natureza, ou simplesmente fica na mesmice ruminando seus infortúnios.


Jornal "A Semana" | Rua Daniel Moraes, 50, bairro Aparecida | 89520-000 | Curitibanos | (49) 3245-1711