37 anos.png
37 anos.png
  
OPINIÃO

Pequenos atrativos

Um tempo para atividades que contribuem para nossa autoestima

Por Sulísia Westphal Román


(Foto: Divulgação) /

Em tempos diferentes, como o de agora, é inacreditável que em pleno Dia dos Pais encontremos os belos cenários convidativos para pais e filhos completamente desertos. Um lindo dia de sol sem crianças, sem adultos, porque simplesmente tiveram que ser transformadas em áreas restritas.

Restrições de um lado, articulações do outro. Entre as inventividades 2020, a cada dia novos pequenos atrativos que podem proporcionar grandes mudanças de hábitos.

Por outro lado, é possível nomear as pessoas em grupos bastante heterogêneos. Um, para o qual sobra tanto tempo que as pessoas já não sabem mais o que inventar para encurtar as horas do dia que não passam. Ou àquele grupo que aumentou tanto a demanda em teletrabalho que não sabe mais o que inventar para aumentar as horas do dia por não dar conta das atividades propostas.

O que sempre costumo enfatizar por aqui, torna-se cada vez mais importante: Priorizar um tempo de relaxamento, um tempo para atividades que contribuem para nossa autoestima, para o nosso bem-estar. Foi assim que encontrei duas atividades online que merecem ser compartilhadas e que denomino de pequenos atrativos.

Ampliando o vocabulário em Inglês

Encontrei um dicionário, (https://context.reverso.net/traducao/ingles-portugues/context) "Reverso Context" que traz uma dinâmica incrível para ampliar seu vocabulário de maneira dinâmica. É muito bom perceber-se valorizando o pouco tempo disponível, sem sair de casa, e avançando na área. É um dicionário que além da pronúncia traz dez frases diversificadas utilizando uma palavra escolhida por nós. Assim, a partir de uma, muitas outras novas palavras virão gratuitamente, sempre com a pronúncia, ou seja, com a tradução. O mesmo dicionário pode oportunizar vários outros idiomas conforme o interesse ou necessidade de cada um.

Revendo o alemão

Cresci falando e brincando em alemão. Ressalto que nunca aprendi a escrita ou a leitura, mas os conceitos básicos, o vocabulário de uma criança permanece impresso no cérebro. Tanto que na minha passagem pela Europa, mais precisamente na Alemanha, consegui articular-me perfeitamente com meu simples vocabulário.

Para minha surpresa, repentinamente caí em um vídeo do YouTube onde Andreia Bohn, gratuitamente oferece material e uma diversidade de vídeos para aperfeiçoar o idioma, bem como várias dicas para transitar na Alemanha.

Com esses dois exemplos quero motivá-lo (la) a também encontrar, e quem sabe, compartilhar suas coisas boas/pequenos atrativos nesse tempo tão restrito.

Boa semana!

>>> aulas de Alemão


Jornal "A Semana" | Rua Daniel Moraes, 50, bairro Aparecida | 89520-000 | Curitibanos | (49) 3245-1711