ASemana 36 anos.png
ASemana 36 anos.png
  
CarlosHomem.jpg

Invejoso

Não tenho nenhuma dúvida que meu lugar no inferno está garantido

Carlos Homem


(Foto:  Divulgação)

É isso mesmo! Sou um baita dum invejoso! Já falei isso aqui mesmo neste espaço em outros dias. Dizem, não acredito que existem dois tipos de inveja. Uma boa e positiva outra ruim e negativa. A minha é da braba mesmo! Olho gordo de secar pessegueiro! Tão gordo que uso colírio diet! Daquela inveja mesma que a bíblia enquadra como pecado.

Tenho uma inveja danada quando escuto histórias de alguns amigos ou conhecidos sobre seus filhos. Que maravilha! Com eles dá tudo certinho, são trabalhadores, estudiosos, educados, etecetera, etecetera e etecetera. Só têm alegrias! Nem despesas, nem problemas, nem conflitos, nem rebeldias! Filhos defensores da luta por mais espaço e aceitação para héteros, ricos, brancos, direitistas, bolsonaristas. São todos joinhas, vindos de outras galáxias!

Talvez por isso tenho evitado em frequentar reuniões com mais de quatro pessoas. Sempre tem uma entre elas que vai me instigar a cometer o sétimo pecado capital. Havendo ali comerciantes um deles é o bambam dos bons negócios, dos lucros astronômicos. Se estiverem presentes advogados então é uma covardia o que um deles faz comigo. Ganha todas! Reduz juízes, promotores e adversários ao nível do Vasco! Invencível em qualquer demanda! Como então não sentir inveja?

Num dia desses, e numa reunião dessas, um cabra colou em mim e começou a contar, assim sem mais nem menos, suas viagens internacionais. Eu espumava de inveja! E ele não parava: Que não gostou muito de Madri, que teve um azar danado na França porque Notre Dame pegou fogo antes que ele lá chegasse, que na Dinamarca comeu isso, na Alemanha bebeu aquilo, que na Itália visitou o Papa, que quando retornava para o Brasil o Neymar estava no mesmo avião. Não acabava mais aquela masturbação verbal e sem gozo nenhum. Morri de inveja!

Daí, porque a bíblia diz: "os que praticam tais coisas não herdarão o Reino de Deus" (Gálatas 5:19-21), não tenho nenhuma dúvida que meu lugar no inferno está garantido. Essas coisas murcham a gente! Não tem como evitar a inveja. O Bolsonaro andou chamando os estudantes de idiotas úteis, mas os idiotas contadores de vantagens nem úteis são.

Ahhhh! Quase ia esquecendo! O cara que colou em mim e contava suas viagens extravagantes, para meu tormento no dia seguinte me achou no WhatsApp e me mandou uma montanha de fotografias dos lugares por onde andou. Pernóstico! Triplicou a dosagem da minha inveja!         


Jornal "A Semana" | Rua Daniel Moraes, 50, bairro Aparecida | 89520-000 | Curitibanos | (49) 3245-1711