ASemana 36 anos.png
ASemana 36 anos.png
  
CarlosHomem.jpg

Bobagens


(Foto: Reprodução/His Treasure Seekers) /


Se há uma coisa da qual gosto muito é a de pensar bobagens. Viajo nas minhas maluquices. Como exemplo me pergunto: por que Deus não fez o homem já evoluído como estamos nos dias de hoje, ou melhor? Uma criatura bem elaborada e pronta? Que motivo teve a inteligência divina para produzir uma criatura tão burra que levou milênios para inventar a roda? Qual a razão de nos criar atrasados, podendo nos ter feitos evoluídos? Um mistério!

É que acho uma sacanagem imaginar o homem da pré-história chegando à sua gruta e ver tudo sujo e desarrumado. Ver a parceira desgrenhada e fedida. Ter ainda que ir buscar uns galhos de vassoura para varrer os ossos de animais que lhe serviram de almoço. Não ter sequer um quartinho íntimo para exercer suas atividades recreativas e reprodutoras. E nas paredes de pedra não ter um calendário da Pirelli com mulher pelada, ou nem mesmo uma cortininha blackout comprada na Havan para separar o ambiente. Puxa! Foi muito sofrimento para os nossos ancestrais! Se pelo menos pudessem contar com um aparelhinho de gilete para rapar a capoeira das virilhas, ou ainda, um micro-ondas para requentar um pedaço do tatu que sobrou de ontem.

Aproximando um pouco mais o tempo, prossigo nas minhas doideiras. Porque o mundo havia sido corrompido pelo petismo daqueles tempos, Deus resolveu acabar com a humanidade. Ficou convencido que o ser humano, inventado à sua imagem e semelhança, não tinha dado certo. Então, escolheu Noé e sua família para sobreviverem ao dilúvio. Imagino o tamanho da reina da mulher do Noé enquanto fazia faxina naquela Arca. Limpar cocô e xixi de elefantes, girafas, vacas, hipopótamos, gorilas, patos, galinhas, curicacas, papagaios, não pode ter sido uma tarefa fácil! E a fedentina? Todo dia e o tempo todo! Judiação, pois eram tempos em que não existiam diaristas. Com as noras, como acontece até hoje, ela não podia contar! Pelo menos a água por 40 dias e 40 noites não lhe faltou. Uma dúvida eu continuo tendo: Será que hoje o Noé conseguiria construiu aquela Arca? Duvido! Licenças ambientais, ONGs protetoras dos animais, Ibama impedindo o corte das madeiras, projetos arquitetônicos, elétricos, contra fogo, seguro, protestos dos ecochatos, direitos trabalhistas, e vai por aí a fora.

Bobagens de um louco que, segundo o ditado, todos nós somos um pouco. Porém, isso é também uma terapia eficaz para eliminar da minha cabeça todos os desvios e preconceitos que os sabidos não aceitam enfrentar.


Jornal "A Semana" | Rua Daniel Moraes, 50, bairro Aparecida | 89520-000 | Curitibanos | (49) 3245-1711