ASemana 36 anos.png
ASemana 36 anos.png
  

Longevidade curitibanense

17 Abril 2019 14:23:00


Entrar na casa das pessoas, ser bem recebida e ter a oportunidade de conhecer e passar adiante suas histórias de vida, talvez, seja o maior barato da profissão de repórter. Somente nas duas últimas semanas, tive a oportunidade de conhecer e aprender mais sobre a vida e longevidade de duas centenárias, moradoras de Curitibanos.

Brincando que "deve ser a água do Marombas", as duas me contaram que chegar aos 100 anos foi algo que jamais imaginaram, mas comemoram o feito e tentam passar adiante dicas de longevidade. Maria Laudelina completou os 100 anos no início do mês e me falou que o segredo é ter paciência. Já Dona Analia, que faz aniversário neste domingo, me disse que seu segredo foi nunca ter guardado rancor ou mágoa de ninguém. Agora, me desculpem, pois sei que esses ensinamentos são os mais valiosos, mas levando a vida agitada que levo e sendo este ser basicamente estressado, tem sido cada vez mais impossível ter calma e não guardar rancor de pessoas, coisas ou fatos.

(Foto: Rubiane Lima) /

Manter a calma é uma arte e, não sei vocês,mas tenho a impressão de que o convívio humano está cada vez mais complicado. É um querendo levar vantagem em cima de outro, pessoas preocupadas unicamente com o próprio umbigo e, salvo exceções, empatia é algo cada dia mais em falta.Maria e Analia são reflexo de uma sociedade que precisamos resgatar, onde a preocupação com o outro não era diferente daquela destinada aos familiares ou amigos. Ambas não puderam estudar como gostariam,mas foram professoras para ajudar crianças a aprendera ler e escrever; costuravam para que as pessoas tivessem o que vestir; cozinhavam para que uma infinidade de pessoas tivesse o que comer; e me falaram que a vida é feliz por isso,pois mesmo com as mãos e pernas não obedecendo mais aos comandos, não deixam de ajudar aos outros, agora, passando adiante suas histórias.


Jornal "A Semana" | Rua Daniel Moraes, 50, bairro Aparecida | 89520-000 | Curitibanos | (49) 3245-1711