ASemana 36 anos.png
ASemana 36 anos.png
  
EM PAUTA

Lavanda


A ignorância tem matado muita gente e, infelizmente, as mulheres têm ficado no topo da lista das vítimas dos crimes mais ignorantes e brutais que temos acompanhado no Brasil. Casais com filhos, namorados que recém se conheceram, jovens que estão morando juntos há pouco tempo; não existe regra temporal, mas há sinais que podem ajudar a detectar que uma mulher está precisando de ajuda.

A ignorância, o sentimento de posse e o machismo cegam um criminoso que não é capaz de perceber suas próprias fraquezas e limitações; que não pede ajuda quando aparecem os primeiros sinais de que sua raiva está extrapolada, seu ciúme está além dos limites e que sua sensação de posse nem deveria existir.

Mas nosso sexto sentido nunca falha. Se um dia, você, mulher, sentiu-se reprimida ou ameaçada por um homem, não pense que é a sua imaginação, não acredite que a culpa é sua. Busque ajuda. Converse com suas amigas, fale para sua mãe. Vá até a Dpcami. Comente o que acontece entre quatro paredes. Você não está sozinha. Evite que um grito mais alto ou um controle do tamanho do seu decote se torne um tapa. Você é dona de si e precisa de alguém do seu lado que te acrescente e não de alguém que te diminua. 

É revoltante ter que escrever que mais uma mulher foi vítima do homem que, um dia, ela chamou de amor. E mais revoltante ainda é saber que milhares de esposas, namoradas e companheiras passam por repressões e humilhações todos os dias e não conseguem pedir ajuda antes que o pior possa acontecer. Ignorar falar sobre feminicídio e violência contra a mulher é dar suporte para os machistas que se aproveitam do silêncio para gritar suas ignorâncias e fraquezas. Nós não somos o gênero mais fraco. 

O mês de agosto é marcado por diversas cores, inclusive lilás, a cor de lavanda, que coloca em pauta a violência contra a mulher. Pesquise sobre indícios de violência psicológica, sexual, física e moral. Arme-se de informação e vamos, juntas, combater a ignorância.

(Imagem: Divulgação) /



Jornal "A Semana" | Rua Daniel Moraes, 50, bairro Aparecida | 89520-000 | Curitibanos | (49) 3245-1711