ASemana 36 anos.png
ASemana 36 anos.png
  
SALA DE VISITAS

Gratidão em viver

24 Março 2019 10:43:00

Salecia lutou contra o câncer por quase dez anos e ainda vive com resquícios da doença

Kalyane Alves


(Foto: Renata Westphal)/

Uma vida de batalhas fez com que Salecia Teresinha Beal, 61 anos, natural de Luzerna, criasse resistência e força para enfrentar qualquer novidade que surja em seu caminho. Depois de um câncer no intestino, ela teve de se aposentar e, ainda hoje, vive com resquícios da doença.  

Salecia sempre buscou melhorar a qualidade de vida de sua família. Filha de Celso Antonio e Sueli Beal, inspirou-se em seus pais para criar seus filhos Gislene e Jean Marcelo Beal Padilha. Agora, ela tem três netos, Bianca, Maria Eduarda e Isaac Iruan. Para Sale, como é chamada pelos conhecidos, não há nada melhor do que ver a evolução de sua família.

"A Semana" - Como você se define? 

Salecia Teresinha Beal - Eu me considero uma pessoa muito sofrida pela situação que vivi. Venho de uma família muito humilde e, desde nova, tive que batalhar. Éramos uma família de nove pessoas, meus pais e mais sete filhos. Depois de uma certa idade, engravidei da minha filha mais velha e comecei a trabalhar nas casas para poder sustentá-la. Posteriormente, parti para o ramo de comércio.

Confira a entrevista completa na edição 1839 do "A Semana".

Seja nosso assinante

Jornal "A Semana" | Rua Daniel Moraes, 50, bairro Aparecida | 89520-000 | Curitibanos | (49) 3245-1711