ASemana 36 anos.png
ASemana 36 anos.png
  

Homem é morto por policial militar de folga em Balneário Camboriú

25 Março 2019 11:37:00

Caso foi registrado em um estabelecimento comercial do Centro.

Por G1 SC


Homem foi morto por policial miliatar em comércio de Balneário Camboriú - Foto: NSC TV/Reprodução

Um homem de 43 anos foi morto por um policial militar em um estabelecimento comercial no Centro de Balneário Camboriú, no Litoral Norte. Segundo a Polícia Militar, o caso foi registrado na madrugada de sexta-feira (22), às 1h54.

De acordo com a Polícia Militar, o policial, que estava de folga, precisou reagir porque o homem tentou sacar uma arma de fogo. "Nesse momento o policial temendo contra sua vida e de terceiros, realizou um disparo contra o indivíduo, que posteriormente veio a óbito", diz a nota da PM.

A PM disse ainda que o policial teve a ação respaldada por legítima defesa e ação em cumprimento do estrito dever legal.

O caso

Conforme a polícia, a discussão começou quando a vítima tentou comprar uma cerveja vendida em litro e foi informada pelo caixa que não seria possível, então comprou uma lata.

Ao tentar pagar com o cartão, não conseguiu porque errou a senha, então começou uma discussão com o funcionário do caixa. O homem fez o pagamento em dinheiro e como o funcionário não tinha troco, perguntou se poderia ser em balas.

O homem recusou e reclamou dizendo que queria em dinheiro e foi atendido por outro funcionário.

O policial e outros clientes teriam notado que o homem estava alterado, com atitudes e palavras agressivas.

Após tomar a cerveja, ainda de acordo com a PM, ele foi até o próprio veículo, pegou uma arma de fogo, e teria colocado na cintura e voltou ao estabelecimento. Além de estar armado, ele teria feito ameaças.

Segundo a PM, nesse momento, o policial abordou o homem, fez a identificação e ordenou para que entregasse a arma. Sem sucesso, a polícia disse que o policial avançou sobre o homem para retirar a arma que estava na cintura dele.

Ainda conforme a PM, o homem resistiu e também não atendeu a solicitação do policial, reagindo com a tentativa de sacar a arma de fogo.

A polícia informou que homem portava um revólver da marca Tauros, com seis munições e numeração raspada. O local foi isolado e realizado todas as providências legais necessárias.

Ainda conforme a PM, o homem é do Paraná e tinha uma passagem por perturbação de sossego, ameaça e desacato.

O G1 entrou em contato com a Polícia Civil para verificar a investigação do caso e aguarda retorno.



OculoseCia.gif
ConexaoMaster.gif

Jornal "A Semana" | Rua Daniel Moraes, 50, bairro Aparecida | 89520-000 | Curitibanos | (49) 3245-1711