ASemana 36 anos.png
ASemana 36 anos.png
  

Dive-SC confirma caso de malária em Joinville

Paciente viajou para a África e voltou com sintomas. Locais onde mulher esteve estão sendo mapeados para ver se há risco de contágio.

Por G1 SC

Joinville, no Norte catarinense, registrou um caso de malária, confirmou a Diretoria de Vigilância Epidemiológica (Dive-SC) nesta quarta-feira (28). A paciente é uma moradora que viajou para a África e voltou com os sintomas. A Dive-SC mapeia os locais onde ela esteve na cidade desde que voltou da viagem para ver se há risco de contágio.

A Vigilância Ambiental de Joinville visitou a região onde mora a família, informou a prefeitura. Um raio de 500 metros da moradia foi visitado para verificar a presença de insetos transmissores, como o mosquito-prego, do gênero Anopheles.

Segundo a Dive-SC, há risco de contágio da doença se na área houver o mosquito transmissor. Em 2016, houve dois casos em Joinville de pessoas infectadas dentro da cidade.

Neste ano, em Santa Catarina, há um caso confirmado de malária em Rio do Oeste, no Vale do Itajaí, que ainda está em investigação para saber se o contágio ocorreu dentro ou fora do estado.

A Dive-SC também informou que enviará um documento à Secretaria de Saúde de Joinville alertando sobre a sensibilização dos profissionais para a detecção de casos de malária.


OculoseCia.gif
ConexaoMaster.gif

Jornal "A Semana" | Rua Daniel Moraes, 50, bairro Aparecida | 89520-000 | Curitibanos | (49) 3245-1711