ASemana 36 anos.png
ASemana 36 anos.png
  

Estamos preparados para envelhecer?

Por AS


(Charge: João Moraes)


O envelhecimento da população brasileira tem indicado que é urgente a necessidade de políticas públicas voltadas à terceira idade. Ao contrário do que tem se visto, é preciso que novos locais de atendimento especializado sejam criados, oportunizando que o idoso tenha suas necessidades supridas. As discussões são imediatas, com objetivo de conduzir a propostas realistas para este novo momento da população.

A realidade tem mostrado que, além de todos os desafios característicos da idade, com questões de saúde e mobilidade, a falta de opções de moradia e cuidados, também tem sido frequente, exigindo que, desde já, todos comecem a pensar em que tipo de velhice desejam ter. Pensar no futuro nem sempre faz parte do dia a dia da população, mas, em Curitibanos, por exemplo, há somente um Lar de Idosos, onde há fila de espera para atendimento, não havendo outras opções de moradia, caso se chegue à terceira idade sem ter onde residir.

Depois de uma vida inteira de trabalho e atividades variadas, muitas vezes, após criar filhos, netos e bisnetos, o idoso se vê solitário, convivendo com o abandono e falta de cuidados. Com baixo poder aquisitivo, a falta de conforto se torna eminente, resultando em doenças e o triste fim de uma vida cheia de realizações.

Até a década de 1950 ou mesmo 1960, as características demográficas do país indicavam uma população bastante jovem, com altas taxas de fertilidade e taxas de mortalidade que apenas começavam a diminuir. A partir de então, teve início um processo de redução das taxas de fertilidade que, nos últimos anos, vem se acelerando. As estimativas indicam que os brasileiros, em 2020, terão mais chances de ultrapassar os 70 anos, havendo necessidade premente de métodos inovadores que possam contribuir para uma atenção ao idoso, em bases humanísticas e, ao mesmo tempo, compatíveis com a realidade socioeconômica do município e região.



OculoseCia.gif
ConexaoMaster.gif

Jornal "A Semana" | Rua Daniel Moraes, 50, bairro Aparecida | 89520-000 | Curitibanos | (49) 3245-1711