nas-redes.png

EDIÇÃO IMPRESSA

Sexta, 04 outubro

Capa
Capa

EDIÇÃO IMPRESSA


SAÚDE PÚBLICA

SAMU quer reduzir número de trotes em Itapema

Estudantes da Escola Municipal de Ensino Fundamental (EMEF) Luiz Francisco Vieira, no Bairro Ilhota - Itapema, participaram na segunda-feira (02/09) da palestra do projeto Educa SAMU. O projeto está presente em todas as regiões do Estado catarinense por meio de profissionais educadores que levam até as escolas, instituições de saúde e comunidades informações importantes como quando chamar o SAMU e as consequências dos trotes.

Um dos objetivos primários do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) é realizar o atendimento pré-hospitalar por meio de cuidados médicos apropriados e transporte do paciente, quando necessário, até o hospital. No entanto, o número 192 muitas vezes é acionado sem necessidade ou em casos indevidos. Além disso, uma parte significativa de ligações recebidas pela Central de Regulação do SAMU é trote.Em vista desses problemas anualmente é realizado o Projeto Educa SAMU.

"Nossa meta é trazer o conhecimento sobre o que é o SAMU, como são realizados os atendimentos e conscientizar sobre os malefícios do trote. Diariamente recebemos ligações indevidas e trotes. Trabalhamos nas escolas pois estes alunos serão os colaboradores dentro das famílias deles, por isso criamos este elo", finaliza a educadora Graziele Valério Rocha.   




As mais lidas do dia

jr.png

| | insta |

Quem somos | Mapa do site | Webmail | Painel de controle

Copyright © 2017 Jornal Razão - Tijucas SC
Todos os direitos reservados.


Whatsapp
(48) 8453-0809

 

Quem somos | Mapa do site | Webmail | Painel de controle

 

Copyright © 2017 Jornal Razão - Tijucas SC
Todos os direitos reservados.