15202912083430.png
JUSTIÇA

Promotor arquiva caso de possível negligência que resultou em morte de criança em SC

Foto: Reprodução

O promotor Diogo Luiz Deschamps, titular da 2ª Promotoria de Justiça de São Francisco do Sul, decidiu arquivar o processo que investigava as causas da morte do menino James Antônio Fucks, de 7 anos.

O garoto morreu no dia 17/07/2021 e, de acordo com a família, o Hospital e Maternidade Municipal Nossa Senhora da Graça, de São Francisco do Sul, negligenciou o atendimento. Isto porque James foi levado até a unidade durante quatro dias seguidos.

Entre no grupo do JR e receba notícias notícias em primeira mão ==> https://bit.ly/3ae4HE2

O resultado pericial apontou a causa da morte: pneumonia aguda bilateral. Inicialmente, as informações trazidas pela família eram de que James havia sofrido um acidente na escola e atingido o peito, o que poderia ter causado ferimentos.

Após toda a investigação, a conclusão da Polícia Civil é de que não houve responsabilidade criminal de nenhum profissional de saúde. O procedimento, então, foi enviado para análise do Ministério Público, que também entendeu que não houve culpados pela morte de James.

Como o processo tramita em segredo de justiça por se tratar de um menor, o promotor não deu detalhes da decisão do arquivamento.

Relembre o caso

No dia 13 de julho de 2021, o menino teria sofrido um acidente na escola e batido o peito. A mãe o levou com dores para o Hospital e Maternidade Municipal Nossa Senhora da Graça. Já na madrugada de quarta-feira (14/07/2021), James voltou a reclamou de dores no peito e foi novamente ao hospital.

Na quinta-feira (15), retornou à unidade e chegou a fazer uma radiografia. Mas o menino foi liberado sem o resultado e com uma receita para medicação, alegou à época a família. No dia 16, na quarta vez que procurou o hospital James morreu, gerando uma comoção na cidade e no Estado.

Fonte: ND+

AVISO: Espaço livre! Para comentários realizados através de terceiros, o jornal se baseia na Lei 2.126/2011 (Marco Civíl da Internet) e dá garantia a liberdade de expressão, comunicação e manifestação de pensamento, nos termos da Constituição. O jornal não se responsabiliza por comentários de terceiros

Continue lendo




ULTIMAS NOTÍCIAS

16121836959090.png
Capa
EDIÇÃO IMPRESSA
Ler agora!
jr.png

| | insta

Quem somos | Mapa do site | Webmail | Painel de controle

Copyright © 2017 Jornal Razão - Tijucas SC
Todos os direitos reservados.


Whatsapp
(48) 8453-0809


EDIÇÃO IMPRESSA

Sexta, 01 de setembro

Capa