15202912083430.png
EXCLUSIVO

Multinacional chinesa escolhe Tijucas para sediar central de distribuição

Por Lorran Barentin / Jornal Razão
Foto: Lorran Barentin/JR

O Desenvolvimento Econômico de Tijucas é destaque em Santa Catarina e o município cada vez mais é visto por gigantes do mercado como um excelente lugar para se investir. 

Posição geográfica privilegiada, custo operacional reduzido e proximidade das principais rotas e polos de escoamento da produção: estes ingredientes figuram entre os principais motivos da ascensão de Tijucas, que deixou de ser apenas uma cidade na Grande Florianópolis com pouco mais de 35 mil habitantes e deverá tornar-se um gigantesco canteiro de obras, com a população saltando para 80 mil moradores nos próximos anos.

No início deste mês estiveram em reunião, nas dependências da Prefeitura Municipal, o Prefeito Elói Mariano Rocha, o Vice-Prefeito Sérgio Cardoso e o Secretário Jean Sieno (Jean do Nico) com foco na apresentação e entrega de oficial de resultados dos primeiros 100 dias de 2022 ao Chefe do Executivo.

Durante a reunião foram apresentadas as ações a serem desenvolvidas no próximo trimestre: expansão das áreas industriais, vinda de novas empresas - destaca-se a confirmação da instalação de um Centro de Distribuição da J&T Express, multinacional que figura entre as maiores da China e tem como principal cliente uma gigante chinesa do ramo de venda de produtos pela internet. 

Ou seja, muito em breve, pedidos feitos pela plataforma, virão para Tijucas e sairão daqui para todo o Sul de Santa Catarina. O interlocutor para tornar possível este empreendimento foi o Corretor Gabriel Furtado, de Tijucas. 

Outra novidade é a publicação da licitação para estudo EAS que permitirá a futura dragagem do Rio Tijucas, a definição da agenda de cursos do "Qualifica Tijucas" para o segundo semestre 2022, junto com a compilação dos resultados gerais, abertura de empresas e geração de emprego e renda.

Jean do Nico e Prefeito Eloi Rocha: dois dos grandes responsáveis por viabilizar e alavancar o desenvolvimento econômico de Tijucas  

Cabe salientar que no mês de janeiro, fevereiro e março o SINE teve registro de uma marca a ser comemorada, com os melhores saldos positivos de empregos da história de Tijucas: foram mais de 650 novos postos de trabalho, segundo o CAGED. Outro ponto muito comemorado por toda a Administração foi a superação da marca de 5.700 empresas estabelecidas no município, com destaque para o seguimento de ME, com 2.590 e o MEI com 2.169, ou seja, um número gigantesco de empresas chegando e se instalando em nosso município em meio a toda recessão e pandemia.

O SINE conta hoje com dezenas de vagas disponíveis diariamente, que podem ser acessadas pelos canais oficiais do SINE no Facebook, Instagram e também pelo telegrama: 48 9 91305603, onde você pode solicitar a inclusão do seu contato no grupo do "Emprego na Mão" e receber diariamente as vagas disponíveis no SINE.

Os cursos do "Qualifica Tijucas" também são divulgados nos canais oficiais do SINE.

Com todos esses resultados, Tijucas vem se destacando como uma das cidades mais competitivas do Estado, sendo também uma das cidades que mais gera emprego e renda, além de receber inúmeras empresas nos últimos anos.

O diferencial desses resultados se deve a um trabalho de captação de longo prazo de empresas dos mais variados seguimentos, que desde 2015 permitiu aos munícipes um leque enorme de oportunidades de vagas de empregos.

Tijucas é uma cidade que há pouco menos de 7 anos dependia quase que exclusivamente (82% de sua arrecadação e 52% da mão de obra) de um seguimento econômico, o que representava grande risco ao equilíbrio da economia local.

Hoje conta com um mercado pulverizado, com dezenas de nichos econômicos que promovem a qualidade de emprego, fomentam renda e fazem de Tijucas uma cidade sustentável.

O diferencial do nosso município está no atendimento ao empresário, assim como na equipe técnica formada por profissionais qualificados e preparados para atender o cidadão tijucanos e tijuquense.

Porém, atualmente, Tijucas passa por um momento peculiar: a falta de mão de obra, tanto qualificada quanto não qualificada, o que vem causando preocupação aos empresários locais e aos novos empresários com interesse em instalar suas empresas em nossa cidade.

Dessa forma, assim como a campanha "Tijucas Empreendedora", lançada em 2018 no SBT para captação de empresas, precisamos urgentemente de uma nova campanha, desta vez em nível nacional, para atrair os mais diversos nichos de mão de obra para suprir a necessidade das empresas locais.

Talvez você não entenda a importância de uma Secretaria de Desenvolvimento Econômico atuante, desenvolvida e especializada, mas só a título de colaboração, nos anos anteriores à atuação da Secretaria, a cidade estava quase que totalmente vinculada a uma única empresa, com vagas de trabalho sempre negativas, com empresas fechando todos os dias, com uma arrecadação em baixa e por consequência poucas obras no município.

Realidade muito diferente da que encontramos hoje, com centenas de empresas chegando anualmente, sendo que só nos 100 primeiros dias de 2022 abriram 180 novas empresas e os postos de trabalho mantem-se sempre positivos e em destaque no cenário estadual e nacional.

Nesses primeiros 100 dias, mais de 650 novos postos foram criados, a arrecadação por sua vez cresce anualmente, o que permite grande número de obras, a exemplo do IPTU que é utilizado 100% na infraestrutura da cidade.

Em resumo, através do Desenvolvimento Econômico, empresas são captadas, empregos são gerados, pessoas são qualificadas, a economia é fomentada e a administração aumenta sua receita e investe na cidade.

Por fim, é importante ressaltar que nada do trabalho desenvolvido aos longos dos anos à frente da Secretaria de Desenvolvimento Econômico seria possível sem o apoio incondicional do Chefe do Executivo, Professor Elói, que prioriza acima de tudo o respeito às pessoas e a sustentabilidade da nossa amada Tijucas.

AVISO: Espaço livre! Para comentários realizados através de terceiros, o jornal se baseia na Lei 2.126/2011 (Marco Civíl da Internet) e dá garantia a liberdade de expressão, comunicação e manifestação de pensamento, nos termos da Constituição. O jornal não se responsabiliza por comentários de terceiros

Continue lendo




ULTIMAS NOTÍCIAS

16121836959090.png
Capa
EDIÇÃO IMPRESSA
Ler agora!
jr.png

| | insta

Quem somos | Mapa do site | Webmail | Painel de controle

Copyright © 2017 Jornal Razão - Tijucas SC
Todos os direitos reservados.


Whatsapp
(48) 8453-0809


EDIÇÃO IMPRESSA

Sexta, 01 de setembro

Capa