nas-redes.png

EDIÇÃO IMPRESSA

Sexta, 18 outubro

Capa
Capa

EDIÇÃO IMPRESSA


SAÚDE

PEGADA ANIMAL: Geriatria em pets

VELHICE. Os animais necessitam de cuidados especiais com o passar dos anos


Hoje em dia os cães estão vivendo mais do que antigamente, graças ao avanço da medicina veterinária e farmacologia. Existem diferenças individuais, familiares e raciais no processo de envelhecimento, mas geralmente podemos considerá-los pacientes geriátricos quando: 

RAÇAS PEQUENAS, com menos de 10 kg, atingem de 9 a 13 anos de idade. 

RAÇAS MÉDIAS, de 10 a 15 kg, atingem de 9 a 11 anos de idade.

RAÇAS GRANDES, que apresentam de 25 a 45 kg, atingem de 7,5 a 10,5 anos de idade.

RAÇAS GIGANTES, que apresentam mais de 45 kg, atingem de 8 a 10 anos de idade.

Envelhecimento

O processo ocorre de forma gradativa e silenciosa. As alterações atingem várias partes do corpo ao mesmo tempo, pois o sistema imunológico vai ficando confuso e ineficiente. O metabolismo já não é mais o mesmo, o sistema músculo esquelético vai se modificando. Com o desgaste articular os ossos estão mais frágeis, os dentes já sofreram corrosões e houve perdas importantes de dentes. As secreções de enzimas, hormônios e outras substâncias importantes para o bom funcionamento orgânico já não são tão eficazes como antes e assim há alterações em vários sistemas orgânicos. 

O envelhecimento é um processo biológico que leva ao enfraquecimento e a menor capacidade de resposta dos indivíduos a se adaptar ao ambiente. Isto se deve principalmente a oxidação celular, que leva a alteração dos órgãos e sistemas, tanto nos animais como nas pessoas. A velhice não representa uma enfermidade, mas sim uma condição predisponente de nosso pet a sofrer diversas afecções ou uma maior capacidade de agravamento de uma enfermidade já existente (problemas cardíacos, renais, tumorais, etc). Diante disso, acompanhar nossos animais nesta etapa da vida é muito importante.  

Sinais frequentes

Na fase Adulta Avançada, o envelhecimento se acelera de modo silencioso, enquanto que na fase Sênior, o envelhecimento torna-se evidente por diversos sinais manifestados pelos pets: 

  • Fadiga e cansaço 
  • Indiferença e apatia, ou seja, redução da interação com seu ambiente
  • Pelos opacos, mau cheiro na pele e queda excessiva de pelos
  • Falta de apetite ou emagrecimento
  • Diminuição da audição, visão e olfato
  • Ingestão excessiva de água e aumento da frequência urinária
  • Atrofia muscular
  • Perda da noção de tempo e espaço
  • Alterações no ciclo do sono
  • Hábitos incomuns como urinar ou defecar em lugares impróprios
  • Secreção e opacidade nos olhos
  • Tosse, principalmente à noite
  • Problemas digestivos

 Através de exames clínicos e checkups de rotina você pode identificar alterações nos pacientes permitindo uma atuação preventiva ou terapêutica a tempo. Hoje, graças à Medicina Preventiva, tanto os cães como os gatos gozam de uma maior expectativa de vida. Adicionado ao compromisso dos donos, os pets não apenas vivem mais, como também vivem melhores. Por isso, é tão importante consultar regularmente o médico veterinário.

TV Razão ao vivo

O programa Pegada Animal é transmitido ao vivo pela TV Razão no Facebook, terça-feira às 16h. 

Os quadros "Tire Suas Dúvidas" e "Você no Pegada" contam com a sua participação.

Envie uma foto com seu pet ou uma pergunta para o veterinário e participe!

Imagens




As mais lidas do dia

jr.png

| | insta |

Quem somos | Mapa do site | Webmail | Painel de controle

Copyright © 2017 Jornal Razão - Tijucas SC
Todos os direitos reservados.


Whatsapp
(48) 8453-0809

 

Quem somos | Mapa do site | Webmail | Painel de controle

 

Copyright © 2017 Jornal Razão - Tijucas SC
Todos os direitos reservados.