nas-redes.png

EDIÇÃO IMPRESSA

Sexta, 18 outubro

Capa
Capa

EDIÇÃO IMPRESSA


PEGADA ANIMAL

Importância da alimentação balanceada para os pets

COMIDA. Os alimentos destinados ao consumo humano fazem mal ao seu amiguinho

A alimentação balanceada é importante para que o animal leve uma vida saudável. Vale destacar que existem alimentos próprios para cães e gatos. Muitas pessoas criam os seus pets oferecendo alimento caseiro, porém isso pode apresentar vários inconvenientes como doenças nutricionais ocasionadas por carência ou excesso de nutrientes, excesso de gordura e consequentemente o sobrepeso, excesso de sal que sobrecarrega a função renal, excesso de carboidratos e de proteínas.

O fornecimento de restos de comida para seu cão é, muitas vezes, uma atitude que os proprietários fazem com a melhor das intenções, pois eles acreditam que "seu animal merece saborear algo diferente" ou "é melhor que ele desfrute do alimento do que simplesmente jogar fora". No entanto, fornecer o mesmo alimento que você consome pode, na verdade, interferir no equilíbrio nutricional conferido pela ração de alta qualidade e também afetar a digestão de seu animal.

 

-Sempre lembrar que os cães não têm as mesmas necessidades nutricionais que os seres humanos 

-Além de o organismo dos cães ser totalmente diferente, eles não têm as mesmas capacidades digestivas

-Eles engolem com rapidez; portanto, o alimento não é pré-digerido pela saliva

-O trato digestório dos cães é relativamente curto em comparação ao dos seres humanos

-A flora intestinal dos cães não é tão rica quanto a nossa

De fato, o fornecimento de alimentos do ser humano para seu cão, além de sua própria dieta, pode, na verdade, afetar o equilíbrio nutricional da ração. Isso também pode causar distúrbios digestivos e gerar obesidade. Por isso, faz sentido que os cães sejam alimentados como cães e não como seres humanos!

Não alimente o seu animal de estimação com alimentos que não sejam destinados a ele. Lembre-se que comida de gato é só para gatos, que comida de cães é só para cães, e que os alimentos destinados ao consumo humano fazem mal ao seu pet.

A proteína é um nutriente vital para filhotes em crescimento, ajudando-os a formar os tecidos corporais e a desenvolver suas defesas naturais; no momento, entretanto, é particularmente importante para ajudá-los a desenvolver músculos fortes.

 Qualquer mudança na dieta deve ser feita em um período de transição de uma semana entre a ração anterior e a nova, dando um tempo para que o organismo do filhote se adapte e ajudando a minimizar os distúrbios digestivos.

-Misturar um pouco da nova ração com a ração anterior;

-Aumentar progressivamente a quantidade da nova ração, reduzindo a da ração anterior;

-Você também deve realizar essa transição gradual ao mudar a ração de seu filhote para uma dieta para adultos.

1º e 2 º dias: 75% da dieta prévia e 25% da nova 

3 º e 4 º dias: 50% da dieta prévia e 50% da nova

5 º e 6 º dias: 25% da dieta prévia e 75% da nova

7º dia: 100% da dieta nova






As mais lidas do dia

jr.png

| | insta |

Quem somos | Mapa do site | Webmail | Painel de controle

Copyright © 2017 Jornal Razão - Tijucas SC
Todos os direitos reservados.


Whatsapp
(48) 8453-0809

 

Quem somos | Mapa do site | Webmail | Painel de controle

 

Copyright © 2017 Jornal Razão - Tijucas SC
Todos os direitos reservados.