38 anos.png
OPINIÃO

Homem mascarado

Por Natália Sartor


(Foto: Divulgação)/

Podes seguir o Homem Mascarado, se quiseres.

Mas darei uma bem alimentada desforra

Se, depois disso, comigo conversar

Vieres.


Podes seguir o Homem Mascarado, se te apraz.

Só que,

Aviso logo:

A ladainha dele

Não

Te

Satisfaz.


Siga.

Siga-o de uma vez,

Mestre Desfaçatez.

Mas máscaras sempre caem.

Em uma vala

Se

Subtraem.


O Homem Mascarado eras tu,

Endiabrado.

Eras tu,

Pobre desconsolado.

E agora que deixou de ser dissimulado

Foi,

Assim como eu,

Isolado.


Queres voltar a seguir

A manada?

Queres ser,

Novamente,

Um Homem de Nada?


Segues então.

Retornes às amarras

Da tua crença

Asfixiada.


Se tu me deixas para segui-lo,

Serás pupilo

Da falsidade

Almiscarada.

Da mentira

Jogada.

Da miséria

Condenada.


Serás todos e ninguém.

Serás chefe de harém.

Mas tua alma seguirá

Palmilhando

O

Aquém.

Jornal "A Semana" | Rua Daniel Moraes, 50, bairro Aparecida | 89520-000 | Curitibanos | (49) 3245-1711