38 anos.png
OPINIÃO

Com ferro e fogo

Quem com ferro e fogo se fere, com fogo incendiará a si próprio...'

Por Natália Sartor de Moraes*


(Foto: Divulgação)/

Quem com ferro e fogo se fere, com fogo incendiará a si próprio e com ferro será marcado pela vida.

Sempre me acusam de ser radical demais. Nunca me defendi da acusação, porque admito que procede. Sou aquela que leva tudo a ferro e fogo. Mesmo quando me queimo, ainda quando a vida insere em mim suas marcas a ferro - querendo evidenciar que ela é a minha dona e eu apenas um animal destinado ao abate - eu não aprendo. Ou aprendo, só não consigo praticar.

Tenho dificuldades em me compreender: sou retardada mesmo, dessas que têm um sério déficit mental, emocional e social ou sou apenas uma ingênua que ainda acredita na correção impecável de atitudes? Quer me parecer que o retardo se alia à ingenuidade inata e resulta nisso que vos escreve: um comprovado caso perdido.

Não lamentem por mim: pena não vai me ajudar. Mas se você também é desses que leva tudo a ferro e fogo, agradeço por me acompanhar até aqui, porque eu sei que o perfeccionismo vai insistir para que continue até o final do texto, mesmo não sendo dos mais otimistas.

Acredita (ou já acreditou) no ditado de que será tratado conforme tratar as pessoas? A vida então te fere esculpindo um "B" enorme, no meio da sua testa: um "B" de bobo, "B" de babaca, "B" de Basta de ser Burro. Isso quando você já se queimou feio, queimadura de quarto grau na alma (porque, os sensatos que nos perdoem, mas nós, Burros, acreditamos que ela existe).

Acredita (ou já acreditou) que quanto mais correto você for, mais a vida lhe retribuirá? Está certo. Ela lhe retribuirá mesmo: com um "I" de Idiota, "I" de Imbecil", "I" de Injustificável Ilusão. Você será marcado com ferro, por ter afrontado com fogo a todas as circunstâncias injustas.

Acredita (ou já acreditou) que para alcançar seus ideais só existem três caminhos: 1) disciplina. 2) disciplina e 3) disciplina? Nesta fase a vida virá, tão boa quanto uma bruxa e tão amena quanto um rasgo na carne para gravar com ferro e fogo não uma letra, mas uma sentença inteira onde mais doer em você. A decisão inapelável dela será a seguinte: "Seja disciplinado, mas não se invalide em razão disso, nem me anule. Assinado: Vida. Pós-escrito: aprenda a viver". Alguém aí sabe como fazer isso?

Para quem não consegue se direcionar, só posso dar uma dica: observe os nossos atos. As atitudes dos Bobos, Imbecis e Disciplinados Além do Saudável. E faça exatamente o contrário.

*Essa coluna foi publicada originalmente em 26 de outubro de 2017. 

Jornal "A Semana" | Rua Daniel Moraes, 50, bairro Aparecida | 89520-000 | Curitibanos | (49) 3245-1711