38 anos.png
OPINIÃO

FG Big Wheel, ousadia para muitos

Por Sulisia Westphal


(Foto: Divulgação)/

Os rumores da chegada de uma grande roda gigante em Balneário Camboriú, sem dúvida geraram muitas expectativas. No final do verão 2020, coincidindo com a surpreendente pandemia, parecia que o projeto não sairia do papel. 

De repente, no Pontal Norte ela surgiu delineada contrastando com o verde da mata Atlântica. O que para grande maioria das pessoas ainda em isolamento, era motivo para fotografar e divulgar. Aliás, diariamente continua sendo uma belíssima atração turística que merece ser fotografada como memória, principalmente quando se caminha sobre o Molhe no mesmo Pontal.

Só de olhar, conferir a altura e imaginar-se em uma das cabines, o coração já acelera o batimento. O que eu nunca imaginaria é a grande parcela da população com medo /pânico de altura.

Outro detalhe, para a novidade é que o seu movimento para completar uma volta leva cerca de quarenta minutos e assim, quase imperceptível quando contemplada de longe, equivocando muitos turistas, parecendo sempre em não funcionamento.

Quando estamos no complexo turístico, com pessoas idosas, no caso a minha mãe, com quase 87 anos, o tratamento recebido da entrada até a saída é motivador para retornar trazendo seus amigos. Além do tratamento "vip", a higienização das cabines é uma garantia.

Quando se está na cabine pela primeira vez, a emoção e a alegria se tornam indescritíveis. A exuberante paisagem, agora apreciada de tantos ângulos simultâneos, nos faz esquecer qualquer medo ou necessidade de encorajamento para curtir tamanha experiência. O circuito parece de dez minutos. Nem dá tempo para água, guloseimas ou para degustar qualquer líquido a bordo.

Na saída, como em todo ponto turístico, àqueles registros de transbordar a alma, que a gente adquire com muito prazer. Além dos souvenirs (recordações) e das guloseimas, o desejo de viver tudo novamente e contagiar o segmento dos que ainda se atemorizam diante da altitude é o que predomina.

Ousar é preciso! Tenho orgulho da coragem e animosidade da minha mãe, quando disse sim para o convite. Que muitos outros filhos e filhas, idosos, jovens e crianças possam juntos viver momentos tão influenciadores e gratificantes.

O tempo voa! Então, com máscaras e álcool gel recomendamos:

Todos a bordo! O coração merece viver mais essa emoção!



(Foto: Divulgação)/

Jornal "A Semana" | Rua Daniel Moraes, 50, bairro Aparecida | 89520-000 | Curitibanos | (49) 3245-1711