38 anos.png
OPINIÃO

Pratique o novo

Aproveitar esse momento para experimentar e não deprimir

Por Dilmar Rodrigues


Foto: Divulgação

Quando o trabalho é informar e todos os dias você faz deste ofício um mantra, parece contraditório dizer para parar e buscar outras informações, outro ponto de vista para a mesma informação.

Pare de ler, ver e ouvir tanta informação. Descanse o seu cérebro com outras ou novas atividades, não habituais. 

Não faça nada, mas não se habitue.

Não sou especialista, mas eles pontuam assim. 

Importa a minha, a sua necessidade de respirar algo novo, com máscara onde é obrigatório, respeitando o distanciamento social.

Eu sei, propus algo novo e caí na vala comum, mas é necessário! Esses novos tempos precisam da nossa responsabilidade, não de procurar os culpados. É preciso respeitar regras simples de convivência social e sanitária.

Solidariedade, empatia, generosidade também precisam ser praticadas.  

Verdade única e certa é que pessoas vão morrer. Qual novidade? Antes morriam. Depois continuarão morrendo. Minha mãe replicava, opa, replica, o ditado popular "tanto certo quanto a 

vida é a morte". É preciso dignidade para adoecer e para morrer.

Caros amigos, neste momento difícil para a humanidade, o que interessa é como eu e você nos preocupamos e tornamos a  nossa estada nesta terra melhor. Estatísticas. Perdas econômicas. Quantos óbitos? Quantos infectados? Fazem parte da engrenagem que movem os meios de comunicação. Como militante neste meio, defendo sim, o livre acesso a informação. O meu e seu direito de saber, como saber e onde saber. Liberdade para concordar ou não. 

"Tudo bem pensar diferente", diz a Monja Coen. Ela também diz e, concordo, que o discordar não significa segregar. Podemos  pensar diferente e mesmo assim manter o respeito. Respirar algo novo é aproveitar esse momento para experimentar e não deprimir. Construir, mesmo que separados, pontes e não muros. 

Pontes que nos aproximem do que é mais divino do ser. Apenas ser mais e melhor do que somos agora.

Enxugue suas lágrimas  regue seu jardim, leia um livro, cante uma canção. Faça o novo.

Jornal "A Semana" | Rua Daniel Moraes, 50, bairro Aparecida | 89520-000 | Curitibanos | (49) 3245-1711