38 anos.png
OPINIÃO

Prolongando destinos

'Eu dependo da sua prudência e você da minha'


Mais um mês de maio chegando e trazendo com ele a campanha de conscientização da importância da segurança no trânsito. O Maio Amarelo nos faz lembrar de pessoas especiais que se tornaram vítimas de imprudência enquanto só estavam a caminho de algum lugar, que com certeza não era o caixão onde hoje estão.

Dessa vez, não trago novidades para os leitores. As regras de segurança continuam as mesmas para andar no trânsito. E são, praticamente, ações de boas maneiras; aquelas que nossa família nos ensina desde quando começamos engatinhar, de respeitar as regras e o próximo.

Mesmo sem novidades, dentre tantas campanhas de conscientização, o Maio Amarelo ganha mais força, porque mesmo sem ser motoristas, todos nós fazemos parte do trânsito e, mesmo assim, muitos ainda insistem em agir como malucos inconsequentes: andando em alta velocidade, sem respeitar pedestres, utilizando celular ao volante... 

Aliás, como jornalista, difícil não trazer novidades. Só no último fim de semana, dois homens foram presos por dirigir embriagados em Curitibanos. Eles causaram prejuízos materiais por provocarem acidentes e, por isso, foram presos, mas poderiam ter matado alguém, assim como tantos outros irresponsáveis que se transformaram em assassinos armados com volantes. 

Difícil entender como ainda há motoristas que acreditam que dá para beber e dirigir. A ignorância não ganha, mas ainda é uma forte arma contra todos os trabalhos de conscientização e a vida de tantas pessoas que seguem seus caminhos com cautela e responsabilidade, porque no trânsito, eu dependo da sua prudência e você da minha. 

Se todos respeitarem e tiverem consciência de suas responsabilidades, muitas pessoas conseguirão prolongar seus destinos. É tão fácil.

Jornal "A Semana" | Rua Daniel Moraes, 50, bairro Aparecida | 89520-000 | Curitibanos | (49) 3245-1711