38 anos.png
VARIEDADES

Dia do desenhista: traços que eternizam

Brenda e Milena trabalham com desenhos digitais de caricaturas

Por Renata Westphal


(Foto: Renata Westphal)/

Foi mesclando o dom pela arte, paixão por eternizar momentos e o amor, que Milena Varela e Brenda Tuyze comemoram esta quinta-feira (15), marcada pelo Dia do Desenhista, com orgulho pela profissão que desenvolvem. Juntas, elas dão vida à Utopia Digital e trabalham eternizando pessoas, pets e momentos através dos traços. "Apesar de ser uma profissão muito gratificante, pois sentimos a alegria da pessoa que recebe o desenho, sabemos que precisa ser ainda mais valorizada e seguimos trabalhando para isso. Nascemos com esse dom e trabalhamos com o que amamos e isso é muito gratificante", garante Milena, que é natural de Lages, mas desde o no passado mora em Curitibanos, onde Brenda nasceu e o casal sentiu ter o trabalho acolhido pela população.

Apesar de partilharem o dom pela arte do desenho, as jovens dividem as funções. Milena é responsável pela produção das caricaturas, enquanto também divide seu tempo com produção de tatuagens, e Brenda cuida da divulgação e apresentação das artes nas redes sociais, onde compartilham as produções das caricaturas que levam de duas a três horas para serem produzidas. A dupla trabalha com desenhos realistas e estilo chibi, marcado por características de cartoon. "Recente mente uma cena nos marcou muito, pois entregamos o desenho de um cachorro que já faleceu e ver a alegria do dono foi muito recompensa dor", conta Brenda.

Milena e Brenda herdaram na genética o dom pelos traços e desde a infância se destacaram pelos desenhos. A lageana divide com os pais Joel e Scheila e o irmão Hiago, a paixão pelos desenhos, e Brenda também sempre teve apoio dos pais Vilmar e Luciana e guarda na lembrança a competição de desenhos que a família incentivava quando peque na. "Nos encontramos na vida, na arte e nos negócios. Sempre soubemos que o trabalho da Milena não podia ficar parado e precisava ser valorizado e, aos poucos, nossa ideia vem dando certo. As pessoas sempre pediam pelos desenhos dela e encontramos uma forma de unir o que gostamos de fazer, com o trabalho", comenta Brenda.

Profissão

A dupla nunca buscou cursos de aperfeiçoamento, mas segue buscando cada vez mais informações através da Internet e garante que o segredo para o traço perfeito é o treinamento. "Apesar de nascer com esse dom, sempre estamos em busca de evolução, não podemos parar de buscar conhecimento e práticas, se não a mão congela. A prática pode levar a perfeição", garante Milena. Para construir o desenho mais fiel a pessoa ou imagem retratada, a artista busca perceber as linhas e características mais marcantes, além de ter um breve conhecimento sobre alguma mania ou objeto que marque a personalidade de quem está sendo retratado. Assim consegue dar vida e identidade para os traços, que no início levava até cinco horas para ser digitalizado através da tela do celular, quando a dupla ainda não havia adquirido a mesa digitalizadora, que hoje faz parte do dia a dia das artistas. Incentivando que mais pessoas encontrem prazer pela profissão e tornem o próprio hobby um meio de ganhar dinheiro, Brenda aconselha para que as pessoas acreditem no potencial e sonhos que possuem. "Arrisque-se e não desista do seu sonho, é possível alcançar o que sonhamos. Trabalhar com os desenhos chegou a parecer algo muito distante para nós, mas hoje se tornou real e sentimos a valorização das pessoas que pedem pelo nosso trabalho", relata a jovem. O trabalho da dupla pode ser acompanhado pelo Instagram @utopiadigitalud.



Conexão master site.png

Jornal "A Semana" | Rua Daniel Moraes, 50, bairro Aparecida | 89520-000 | Curitibanos | (49) 3245-1711